Fuerza, fuerza, fuerza…

Recebi isso no Face da minha mãe do coração, Selma Kaizer. É MUITO fofo e verdadeiro. Força nas asinhas!!

Anúncios

Uma carta de amor a Deus

Eu tentei compartilhar isso no Facebook, mas não consegui. Então achei legal colocar aqui, que imagino que ficará por muito mais tempo do que lá.

Eu não a conheci, mas essa semana faleceu a Priscila Charpinel por conta de um tumor no cérebro, alguns dias depois que sua filha Vitória nasceu, prematura. Não vou escrever muito, porque posso colocar alguma informação incorreta, mas o que eu quero mesmo é deixar aqui essa maravilhosa mensagem de amor e de confiança no nosso Deus escrita por sua irmão Aline. Não deixe de ler.

 

“Quero dizer algumas palavras..palavras de agradecimento… ao Deus, todo poderoso, Senhor da vida, Soberano, Jesus Cristo, que tem o governo sobre seus ombros, o único Salvador, Pai amoroso, Consolador, nossa força, nosso socorro bem presente na hora da angústia, o Príncipe da paz, O Caminho, A Verdade e A VIDA, Aquele que é tudo em todos, Aquele a quem foi dado todo o poder nos céus e na terra, Aquele que está assentado a direita de Deus Pai e intercede por nós, Aquele cuja vontade é boa, PERFEITA e agradável. Aquele que era, que é e que há de vir, Aquele que desceu do céu, se despiu de sua glória e poder e habitou na terra como homem, que foi rejeitado, desprezado, humilhado e morto injustamente, em nosso lugar, apenas por amor, para que todos os que nEle crerem tenham a vida eterna. A esse Cristo, o único Deus, dou toda glória e louvor. Por que Ele faz tudo perfeito e nesse mundo mau, derrama sua misericórdia que se renova todas as manhãs. Agradeço por que me deu o privilégio de ser irmã da Pri, de conhecê-la como a mim mesma, ser a melhor amiga, cúmplice, ter até os mesmos pensamentos e viver deliciosos 29 anos de amor com ela. E sempre vou ama-la e sei que não haverá um dia sequer em que não lembrarei dela… Agora com uma saudade dolorida demais…mas sei que aos poucos a saudade será apenas gostosa… Agradeço por que há quase dois anos, Deus derramou sua misericórdia e permitiu que minha linda vivesse mais tempo e num milagre, contrariando a sabedoria dos homens, a tirou do hospital sem sequelas, saudável e pude ama-la por mais quase dois anos… Agradeço por que conheci a amizade sincera , o amor incondicional e uma cumplicidade inigualável… Agradeço por termos sido tão parecidas que pensávamos as mesmas coisas nos mesmos momentos e assim nos acalentávamos, uma completava a outra. Minha irmazinha do coração. Agradeço ao Deus de amor, nosso Pai, por ter livrado Sua filha da dor, por ter Ele mesmo sido o Salvador de sua alma, e por ter pela convicção de que ela está hoje em Seus doces braços, naquele lugar onde ela nunca mais sentirá dor. Agradeço por que Priscila reconhecia Jesus Cristo como único Senhor de sua vida e isso a levou a salvação eterna e ela nunca morrerá, por que Ele mesmo disse “Mas, a todos quantos o receberam, deu-lhes o poder de serem feitos filhos de Deus; a saber: aos que crêem no seu nome.” João 1.12. E o coração da minha menina pertece ao Senhor Jesus. Agradeço por que por essa certeza sei que nos encontraremos um dia, e todos os que tem Jesus Cristo como Senhor de suas vidas poderão encontrar com ela um dia. Agradeço pelo amor confortador de Jesus por meio do seu Espírito Santo, que nos consola, nos dá uma paz imensa, e apesar de toda dor em meu coração, apesar das lágrimas de saudades, Deus está conosco e mesmo quando eu chorar olhando para cada coisa que era ligada a ela, como o cantinho da minha cozinha onde ela sempre sentava pra lanchar, as danças que dançamos juntas, o Consolador irá me consolar e me lembrar de onde ela está, e que o sofrimento dela se findou e Ele renovará em mim a esperança e me encherá de alegria, por crer Nele, e amá-Lo mesmo quando não entendo as circunstâncias, que me levará a Ele um dia e poderemos nos encontrar. Creia você também. Creia que Jesus é o Filho de Deus, que veio aqui e foi morto,  mas ressuscitou e todo o que nEle crê não morrerea, mas terá a vida eterna. A Pri já está em vida eterna. O que era temporal já passou. Toda dor já cessou. Ela vive! Ela vive com o Pai!!! E um dia eu quero estar lá também e vc?   Com amor, Aline.”

Jó – I

Já li o livro de Jó, mas ontem a noite comecei a lê-lo com outra visão e querendo aprender o máximo com esse homem. Não perca a oportunidade de ler esse livro maravilhoso!!

No primeiro capítulo, mostra quem era Jó: um homem temente à Deus, tinha 07 filhos (o número da bíblico da plenitude) e 03 filhas, sete mil ovelhas, três mil camelos, mil bois, quinhentas jumentas e muitos escravos. Era o homem mais rico de todo do Oriente.

Um belo dia, Satanás veio até Deus dizer que Jó só o temia por interesse próprio, já que Ele não deixava que nada de ruim acontecesse com ele, que era abençoado em tudo o que fazia e que era a pessoa que tinha mais cabeças de gado. E ainda disse que se Deus tirasse tudo de Jó, que ele O amaldiçoaria sem nenhum respeito. Então Deus disse: “Pois bem. Faça o que quiser com tudo o que Jó tem, mas não faça nenhum mal a ele mesmo.

Bom, resumidamente, num único dia ele perdeu TODOS os filhos, TODOS os animais, TODOS os empregados. E o que Jó fez? Reclamou? Amaldiçoou a Deus? Não, rasgou suas roupas, raspou a cabeça (forma de demonstrar intensa dor, na época), ajoelhou-se, encostou o rosto no chão e adorou a Deus e disse:
– “Nasci nu, sem nada, e sem nada vou morrer. O Senhor deu, o Senhor tirou; louvado seja o seu nome!”

Viu como Satanás tem o poder limitado por Deus? Ele não pode tocar nos JUSTOS sem que Deus permita.

“Em algum momento, todo mundo já se sentiu como Jó. Quando passamos por provações e sofrimento, deixamos a autopiedade nos derrotar. Queremos saber por que Deus permite que essas provações nos aflijam….Sua mensagem pode nos ajudar nos momentos em que estamos cercados de problemas, pois nos faz ter uma ideia da perpectiva divina do nosso sofrimento”

(O Novo Comentário Bíblico – Antigo Testamento).

Compartilhando esperança

Essa semana conheci a cerimonialista Brunella Breder que me contou um testemunho lindo. Talvez a sequência dos fatos não estejam 100% corretos, mas o que importa é o milagre.

Ela tem uma amiga que foi diagnosticada com câncer de mama. Ela tinha dois filhos, um com quase 2 anos e o outro bebê ainda. Ao mesmo tempo sua mãe estava com um problema sério de saúde. O filho ia fazer dois aninhos quando a mãe estava hospitalizada e ela não aceitou que a filha não fizesse o aniversário do netinho, mesmo hospitalizada. Ela infelizmente faleceu nesse dia e a filha soube no final da festa.
No meio desse turbilhão de emoções, ela fez quimioterapia e achando que a sua bexiga estava funcionando diferente do normal, comentou com o médico. Fez exames e o que era? Um bebê de quatro meses que, mesmo com aquele tratamento pesado, estava perfeito!! Ela continuou a fazer o tratamento – creio que de forma um pouco mais leve – e o bebê nasceu perfeito.

Olha que coisa linda! A esperança da vida no meio de uma tempestade!

Obrigada, Deus, porque o Senhor é o autor da vida e tudo o que o Senhor faz é perfeito e bom!

Carinho da Rosi que mora loooonge

Recebi essa mensagem da minha querida amiga de Face, Rosi Prates. Bjos, Rose….vai servir para outras pessoas também. Ela bem que me chama de Diva, mas é porque não me viu pessoalmente, rsrsrs.

“Uma mensagem belíssima no mural de Roger Barcelos, eis aqui uma pequena parte que eu dedico para minha amiga, sim eu posso dizer amiga Zenilda Sarmenghi Brasil, minha Divaaaaaa.Existem desertos inevitáveis durante a vida, mas mesmo no deserto, Deus se faz presente e sempre se revela com o refrigério, basta saber olhar além dos obstáculos e crer na fidelidade de quem prometeu. Se o deserto insistir, não pare. Continue andando. Dê ao amanhã a chance de apresentar-lhe o refrigério e então, mergulhe em águas doces. Há tempo para todas as coisas. Não desista!“Eis que porei um caminho no deserto, e rios no ermo.” (Isaías 43.19b)

Amémmmmm!!!!”

Recadinhos do coração

Ontem demorei muito a dormir. Eu postei no Facebook tanto o problema do linfoma quanto a criação do blog e recebi tantas, mas tantas palavras de carinho, de apoio, de admiração…e é tão legal que há muito pessoas que eu nunca vi pessoalmente, nunca falei. Coisa mais linda!

Mas eu queria guardar aqui no blog dois recadinhos em especial. O primeiro é da minha irmã mais velha, Graça, que com certeza já derramou muito mais lágrimas do que eu nesse momento. O segundo é da Sônia Musso, que passou por momentos difíceis há anos quando o seu filho Giovanni foi diagnosticado com leucemia. Eu tive a grande honra de fotografar uma grande vitória na vida deles: o culto de ação de graças/festa pela formatura dele em Medicina. E-mo-cio-nan-te!