As escolhas nossas de cada dia

(Vixi, esse post está grande….)

Já faz bem um dias que eu queria escrever esse post, mas eu nunca sei se vou conseguir transmitir exatamente o que penso.

É o seguinte, quando recebi a notícia de que estava com linfoma, lembro que fiquei pensando no que poderia ser a causa disso e o que poderia ser “culpa” minha no que se refere a estilo de vida. Sempre busquei me alimentar bem…como muitas frutas, saladas (sobre isso vou fazer um outro post), adoro essas coisas naturebas de grãos, sementes, castanhas. Não como queijos amarelos (era conhecida como “Zenilda e sua ricota” num lugar que trabalhei). Não como em McDonald’s (acredite, já comi salada 3 vezes lá). Não como esses lanches “brabos” com bacon e molhos malucos. Raramente tomo refrigerante – acreditem, o Ronald jogou uma latinha de Sprit fora esses dias porque já estava vencida na geladeira. Não me lembro quando comi batata frita. Enfim, muitas coisas eu vou evitando, mas não quer dizer que jamais como. Aí poderiam dizer: “viu, não adiantou nada, é por isso que eu comoooo meeeermo”.

Na verdade, linfoma não tem causa em má alimentação. Aliás, a causa certa ainda não foi descoberta. Mas diante de tudo isso, eu me senti bem em não ter “buscado”  de alguma forma essa doença para mim. E no mesmo instante pensei nas pessoas que fumam. Não estou querendo criticar ninguém, pois imagino o quão difícil dever ser parar de fumar, mas você receber a notícia que tem um câncer relacionado aos anos que você fumou e não teve força suficiente para largar o vício, certamente causa um sentimento de culpa, principalmente se o dignóstico for dado em estágio avançado, como acontece em muitos casos.

Lembro que antes de falecer, Chico Anísio disse que se pudesse dar um conselho aos jovens, seria: “não fumem”

Resumindo, é muito triste você receber o diagnóstico de algum tipo de câncer por você não ter cuidado suficiente do corpo que Deus lhe deu. Coloquei abaixo algumas informações que encontrei.

Está comprovado que o tabagismo é responsável por:
• 200 mil mortes por ano no Brasil (23 pessoas por hora)
• 25% das mortes causadas por doença coronariana – angina e infarto do miocárdio
• 45% das mortes por infarto agudo do miocárdio na faixa etária abaixo de 65 anos
• 85% das mortes causadas por bronquite crônica e enfisema pulmonar (doença pulmonar obstrutiva crônica)
• 90% dos casos de câncer no pulmão (entre os 10% restantes, 1/3 é de fumantes passivos)
• 25% das doenças vasculares (entre elas, derrame cerebral)
• 30% das mortes decorrentes de outros tipos de câncer (de boca, laringe, faringe, esôfago, estômago, pâncreas, fígado, rim, bexiga, colo de útero, leucemia)

Fonte: www.inca.gov.br

Anúncios

6 comentários em “As escolhas nossas de cada dia

  1. Manu disse:

    Excelente reflexão, Zê! Você tem toda a razão! Meu pai morreu de um câncer decorrente do álcool… Mesmo ele tendo parado de beber cerca de 20 anos antes de morrer, os efeitos maléficos permaneceram. Fico feliz de ter imposto como condição ao relacionamento que o Wlisses parasse de fumar. E ainda bem que o amor prevaleceu! Infelizmente, os números não mentem, os vícios são quase uma sentença de condenação…
    Com certeza todo o cuidado que vc teve com o seu corpo e com a sua saúde está agora lhe ajudando na recuperação.
    Um grande bjo!

    • Verdade, Manu! Eu ia falar do álcool também, mas acabei focando só no cigarro. Quem teve/tem pai alcoólatra como vc. e eu tivemos sabe muito bem do poder devastador de um vício, tanto na saúde física, quanto na família.
      Sinto muito pela sua perda e glórias ao Senhor que o amor prevaleceu na vida de vocês. Tenho certeza que ele te agradecerá para sempre.
      Bjo grandão, minha noivinha querida

  2. Petra disse:

    Zenilda quando vejo você falando desta forma “auto astral” fico muito feliz pois só com muita fé em Deus para manter o equilibrio de nossos atos e pensamentos.Por pouco reclamamos de uma simples dor de cabeça e você com essa sabedoria toda para enfrentar essa etapa de sua vida pois sei que na vida passamos por dificuldades para nos fortalecermos cada dia mais nossa fé.Que Deus esteja sempre a frente na sua vida cuidando e te guiando, sabemos que isso é passageiro e que a vitória é certa pois Deus está no controle.
    Beijos Petra e Ralph

  3. GRAÇA disse:

    Zê, no dia 31/07, lembrei que se o nosso pai tivesse se cuidado estaria completando 77 anos, então refleti, poxa se ele tivesse se cuidado, poderia ta vivo, nosssa mãe esse mês faz 75 anos e graças a Deus com mt saude. Nosso pai fumou e bebeu quase a vida toda, por isso foi dificil largar, lembra que operado do coração fumava escondido? eu ficava triste, mas ao mesmo tempo pensava qdo ele começou a fumar e beber não tinha as informações que tem hj. Que Deus possa dar forças as pessoas que desejam parar com os vicios, pois só ELE pode fazer isso na vida de uma pesssoa, eu tenho experiencia na minha familia. E que vc continue cuidando da sua saude, pq acho que a nossa familia tem uma saude um pouco fraca. E com certeza pelo estilo de vida que vc sempre levou, vai te ajudar na sua recuperação, afinal vc tem muitas alegria pra nos dar.

    Bjos e ficque na Paz do Senhor Jesus!!!!!

    de sua irmã Graça

  4. Selma Kaiser de Sousa disse:

    Amada, seus textos tem caido aqui como uma luva. Todos que acompanham, tem uma lição a absorver, pra ajudar outros. Bom seria que todos tivessem acesso à leitura de suas reflexões.
    Estou antevendo a edição de um livro. Seria legal, hem!?
    Muita gente, diante de alguem que descobre que tem um linfoma, faz comentários sempre na terceira pessoa; ela está assim, ele está com isso…Mas referir-se ao assunto na primeira pessoa, denota sim, uma atitude muito corajosa e valente! Você assumiu uma postura segura diante de uma enfermidade que assusta.
    Certamente isso se deve à sua fé inabalável, sua comunhão com o Pai amoroso, sua intimidade com Jesus, cujo sofrimento ultrapassa nossa capacidade de entender!
    Prossiga firme, nessa passagem pelo vale. Brevemente estaremos todos glorificando ao nosso Deus por essa vitória que Ele reservou pra vc! Te amo!

  5. Kênia Vaz disse:

    Sabe o que me fez tomar nojo de cigarro? O cheiro que ficava no banheiro, pois papai fumava no banheiro. Lembro de levantar pra ir pra escola e sentir aquele cheiro horrível e ao invés de sair cheirosa, saia igual um cinzeiro rsrsrs. Hoje tem uns 7 ou 8 anos que ele parou de fumar, mais infelizmente meu irmão ainda não, peço sempre a Deus que ele largue esse vício. Acho que temos que cuidar sim do nosso corpo,, afinal ele é templo do Espírito, Deus deu tudo certinho e a gente fica estragando (gordura, celulites). Mais acredito que tem coisas, fatos e acontecimentos que fogem do nosso entendimento, quanto a saúde. Seria muito bom esse blog alcançar mais gente, vc descreve as sua experiencias de uma forma linda e verdadeira… Te admiro sempre….

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s